Crédito: Tiago Caldas /EC Bahia

A liderança do Campeonato Baiano segue nas mãos do Bahia. Como um trio elétrico, o tricolor atropelou o Itabuna na noite desta quarta-feira (7) e, mesmo com um time reserva, goleou por 5×0, na Fonte Nova.

Depois de um primeiro tempo de pouca intensidade no qual saiu na frente em linda cobrança de falta de Yago, o Esquadrão abriu a porteira na segunda etapa. O próprio Yago voltou a balançar as redes, enquanto Ademir, Cauly e Gabriel Xavier completaram o placar.

Foi a quinta vitória seguida do time principal do tricolor, que tem 100% de aproveitamento na temporada. O triunfo deixa o Bahia com 13 pontos, isolado na liderança do estadual e cada vez mais perto de confirmar a classificação para a semifinal. Com seis pontos, o Itabuna é o 8º, e continua ameaçado pelo rebaixamento.

O JOGO

Como era esperado, Ceni voltou a rodar o time. Dos titulares na vitória sobre o Sport, apenas Caio Alexandre e Jean Lucas foram mantidos. A grande novidade foi a estreia do zagueiro Cuesta, titular ao lado de Gabriel Xavier.

Apesar das alterações, o Bahia não mudou a sua forma. Com mais posse de bola, o tricolor dominou o Itabuna logo nos primeiros minutos, mas o time não conseguiu apresentar a mesma intensidade de outras partidas.

Com a dificuldade de articulação ofensiva do meio-campo formado por Caio Alexandre, Yago e Jean Lucas, o tricolor sofreu para criar chances claras. Na primeira grande oportunidade, Cicinho cruzou rasteiro e Yago, dentro da área, chutou por cima. Minutos depois, o volante se redimiu.

Na cobrança de falta direta, Yago surpreendeu o goleiro Jorge com um belo chute e marcou um golaço para o Esquadrão, aos 26 minutos.

O segundo do Bahia quase saiu logo na sequência. Ademir puxou o contra-ataque e achou Ratão livre. O atacante cruzou para Everaldo, que tentou pegar de primeira e mandou longe do gol.

Já no final do primeiro tempo, Yago cobrou escanteio na área, a bola passou por toda a defesa e chegou livre para Ratão. Sem goleiro, o atacante tentou de cabeça e acertou o travessão.

DESLANCHOU 

O Bahia voltou do intervalo mais incisivo no ataque, mas empilhou chances perdidas. Ratão, Everaldo e Jean Lucas ficaram no quase. A falta de pontaria deixou a torcida impaciente. Parte dos tricolores pediram a saída de Rafael Ratão e foram atendidos.

Rogério Ceni sacou Jean Lucas e Ratão e colocou Thaciano e Cauly nas respectivas vagas. Mas quem voltou a brilhar foi Yago. Depois da linda jogada individual, Cicinho cruzou para trás e o volante mandou para o fundo das redes, anotando o segundo gol na partida, aos 17 minutos.

A torcida ainda comemorava o gol de Yago quando o terceiro saiu. Apenas um minuto depois, Ademir recebeu o lançamento, ganhou do marcador na velocidade e tocou por cavadinha sobre o goleiro Jorge.

Com o Itabuna atordoado, a porteira se abriu para o tricolor. Aos 24 minutos, Cauly recebeu de Biel na entrada da área e transformou o placar em goleada. Foi o primeiro gol do camisa 8 na temporada.

Com o Bahia totalmente presente no ataque, o quinto gol saiu de forma natural. Luciano Juba cobrou escanteio na área e Gabriel Xavier completou para as redes, dando números finais ao duelo. Correio da Bahia