Foto: David Mark/Pixabay

Bahia é o terceiro estado do Brasil com mais número de inscritos no programa Universidade para Todos (ProUni), segundo divulgação feita pelo Ministério da Educação. Em todo Brasil, o programa recebeu mais de 1,3 milhão de inscrições. A Bahia ficou atrás apenas dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Foram 15.685 estudantes pré-selecionados na primeira chamada referente ao processo seletivo do primeiro semestre de 2024.

O Programa registrou 61.807 inscritos e 114.632 inscrições na Bahia, tendo em vista que cada candidato podia escolher até dois cursos para concorrer às 22.094 bolsas ofertadas no estado. Em um país de dimensões continentais, a cada ano, o ProUni se reafirma como importante instrumento para viabilizar a promoção nacional da educação inclusiva, um dos grandes temas que integram a missão educadora da Universidade Católica do Salvador (UCSal).

Esta semana, a Universidade acolheu os estudantes selecionados na 1ª chamada do ProUni. Recebidos pela Reitoria e pelo Plenus/CEAC (Centro de Escuta e Atendimento Comunitário), cada um dos jovens selecionados teve sua documentação analisada e, quando aprovada, foram convocados a comparecer na instituição para receber as primeiras orientações antes do início da jornada acadêmica.

Como instituição que é referência na Bahia, o maior estado do Nordeste, a UCSal reconhece a complexidade dos desafios humanos e sociais para promover uma educação inclusiva. Assim, desde sua fundação, há 62 anos, a instituição afirma-se dedicada a facilitar o acesso de toda a população à educação de excelência.

“A partir da ótica humanista e confessional, a Universidade Católica do Salvador tem construído ao longo dos anos, pontes para conectar teoria e prática e realizar, de maneira significativa, projetos e políticas afirmativas que promovam a diversidade e educação emancipatória”, ressalta o reitor, prof. Deivid Lorenzo. A Tarde