Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Durante o ato público para instituição do Projeto de Lei do Programa Bahia pela Paz, na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), na quarta-feira (13), o secretário de Segurança Pública da Bahia, Marcelo Werner, falou ao bahia.ba sobre a nova política de segurança, fomentando a cultura de paz, atuando na promoção da cidadania e valorização da família e dos direitos humanos.

“É como a gente sempre fala e o projeto agora reafirma. Polícia e segurança pública, mas segurança pública não é só polícia. Desde o início da gestão, a gente inclusive adotou algumas ações intersetoriais com diversas secretarias. O Bahia Pela Paz hoje consolida isso, trabalhando a segurança não só como polícia, mas como ferramenta de desenvolvimento social, promoção à cultura, combate à intolerância religiosa, educação e assistência social às comunidades”, disse.

O secretário destacou ainda a importância do fortalecimento da rede de segurança envolvendo outros órgãos, que é também um dos direcionamentos do Programa Bahia pela Paz. “As ações são de integração e reforço desses laços entre os integrantes da sistema da Justiça Criminal incluindo o Ministério Público, Defensoria e o próprio Judiciário. A gente vai aperfeiçoando com as instituições e trazendo também a comunidade para mais perto de nós com as nossas bases comunitárias”, explicou o secretário de Segurança. Bahia.Ba