Divulgação

O baiano Thiago Campos ficou de fora da lista tríplice eleita na quinta-feira (14) pelos desembargadores federais para a indicação a uma das duas vagas que estão disponíveis para advogados no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1). Ele obteve apenas 18 votos. Thiago era apoiado pelo senador Jaques Wagner (PT), que já tinha combinado de pedir sua nomeação ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) caso ele ascendesse na preferência dos magistrados. Com 28 votos, o mais votado da lista foi Flávio Jaime de Moraes Jardim (OAB-DF). Ele foi seguido por Diogo Condurú (OAB-PA), com 21 votos, e Liz Marilia Guedes Vecci (OAB-GO), que obteve 20 votos. BNews