Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (27) que a Petrobras “só dá dor de cabeça” e que “presta serviço para acionistas e mais ninguém”. Para Bolsonaro, a empresa pode entrar “no radar da privatização“. “Posso interferir na Petrobras? Vou responder a processo. O presidente da Petrobras vai acabar sendo preso. É uma estatal que, com todo respeito, só me dá dor de cabeça. (…) Quem sabe até botar no radar da privatização”, disse ele em entrevista à Jovem Pan News. O presidente minimizou os índices de produtividade da estatal durante o ano. “Um assessor chegou para mim: ‘Olha, a Petrobras acabou de bater recorde na produção de barril por dia, 3 milhões e poucos barris’. Daí eu falei: ‘E qual a consequência?’ (…) É uma empresa que hoje em dia está prestando serviço para acionistas, e mais ninguém”, avaliou.