Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

O Congresso Nacional deu mais uma derrota ao Governo Federal, desta vez rejeitando a manutenção do veto do presidente Lula em relação às saídas de presos do regime semiaberto, conhecidas como “saidinhas”. Com isso, fica novamente proibida a saída de presidiários do regime semiaberto em todo o país, incluindo aquelas concedidas para visitas familiares, limitadas a cinco por ano.

A Bancada de Oposição comemorou o resultado, como exemplificado pelo deputado federal Capitão Alden (PL-BA), que destacou seu voto a favor da derrubada do veto presidencial. Na última sessão do Congresso Nacional, realizada na terça-feira (28), o governo Lula assistiu 366 parlamentares votarem pela derrubada do veto, sendo 314 deputados e 52 senadores.

“Foram 314 deputados e 52 senadores que votaram pelo fim das ‘saidinhas’. Isso foi uma vitória do povo brasileiro e uma clara demonstração de que Lula não pode agir como bem entender com o Brasil”, afirmou Alden.

O parlamentar destacou a importância de os cidadãos baianos conhecerem os nomes dos políticos do estado que votaram a favor da manutenção do veto de Lula. “É crucial que as pessoas saibam quem votou contra o cidadão de bem, pois isso não pode passar despercebido”, enfatizou Alden. Segue abaixo a lista dos deputados federais baianos que votaram a favor da manutenção do veto de Lula às “saidinhas” dos presos:

Alice Portugal (PCdoB)

Antonio Brito (PSD)

Bacelar (PV)

Charles Fernandes (PSD)

Daniel Almeida (PCdoB)

Diego Coronel (PSD)

Gabriel Nunes (PSD)

Ivoneide Caetano (PT)

Jorge Solla (PT)

Joseildo Ramos (PT)

Josias Gomes (PT)

Leo Prates (PDT)

Lídice da Mata (PSB)

Paulo Magalhães (PSD)

Valmir Assunção (PT)