O digital influencer Carlinhos Maia desfilou ao lado do noivo Lucas Guimarães na São Paulo Fashion Week, na última quarta-feira (24) e juntos, os dois se tornaram o primeiro casal gay a pisar nas passarelas do evento graças ao convite da marca Amir Slama.

No entanto, o pioneirismo marcado pelo casal foi ofuscado por uma nova declaração polêmica do alagoano nos bastidores do evento em uma conversa com o programa “TV Fama”.

Aparentemente aborrecido, Maia criticou quem estava referido a ele e a Lucas como um casal gay e que o matrimônio, marcado para o dia 21 de maio, também não seria um casamento gay.

“Não é religioso. É a união de dois caras, não é casamento gay. É a união de Carlinhos e Lucas”, disse o famoso. Internautas do Twitter, que repercutiram a declaração, não concordaram com a visão do alagoano e criticaram a forma como ele se refere a comunidade LGBT.

“É incrível que na cabeça do Carlinhos Maia ele nunca vai ser um gay e sim um homem que gosta de homem, não sei se sinto pena dessa homofobia internalizada ou vergonha alheia”, comentou um perfil.

“União de duas pessoas do mesmo sexo é uma união homoafetiva, então é união gay sim! Esse Carlinhos Maia é uma vergonha sem tamanho”, disse outro.

“Está pra nascer gay mais chato e ignorante com a própria comunidade do que esse Carlinhos Maia, não agrega em nada na comunidade e só serve pra fazer gay de piada para hétero”, escreveu outra seguidora.

Vale lembrar que não é a primeira vez que Carlinhos Maia se envolve em polêmicas sobre sexualidade. Em fevereiro deste ano, ele fez um vídeo em sua rede social desabafando sobre o processo de pelo qual assumiu o seu relacionamento com Lucas e fez diversas críticas ao que ele definiu como “ditadura gay”.