gov ba

Ao menos 5.800 pessoas foram afetadas pelos temporais dos últimos dias na Bahia. Até agora, são 1.080 desalojados e 122 desabrigados em todo o estado. Um pescador morreu ao tentar atravessar de barco o Açude do Cocorobó, em Canudos. O caso aconteceu na sexta-feira (5). O balanço é da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), com base em informações atualizadas até a tarde de terça-feira (9).

Atualmente, 47 municípios baianos estão em situação de emergência por causa da chuva. São eles: Anagé, Angical, Apuarema, Baixa Grande, Barra, Boa Vista do Tupim, Cabaceiras do Paraguaçu, Caetité, Canavieiras, Cansanção, Cícero Dantas, Contendas de Sincorá, Cotegipe, Cravolândia, Dário Meira, Ibicuí, Iguaí, Ilhéus, Itaju do Colônia, Itamari, Itororó, Jequié, Lagoa Real, Lençóis, Maiquinique, Medeiros Neto, Monte Santo, Muquém de São Francisco, Mutuípe, Nordestina, Nova Canaã, Paulo Afonso, Pedro Alexandre, Quijingue, Ruy Barbosa, Santa Brígida, Santa Luzia, Santaluz, São Miguel das Matas, Saubara, Tanhaçu, Ubaíra, Valença, Varzedo, Wanderley, Canudos e Jeremoabo.

O tempo chuvoso também provocou estragos em outras 19 cidades. Na lista estão: Euclides da Cunha, Abaré, Chorrochó, Juazeiro, Monte Santo, Curaçá, Ituberá, Camamu, Santo Amaro, Alagoinhas, São Sebastião do Passé, Simões Filho, Cairu, Taperoá, Candeias, Nilo Peçanha, Pojuca, Salvador, Lauro de Freitas.