Foto: Ricardo Stuckert / PR

As prefeituras ligadas ao presidente Lula (PT) e a ministra da Saúde, Nísia Trindade receberam recursos extras milionários da saúde ano passado. Ao todo, foram repassados R$ 346,8 milhões em sete cidades. A cidade fora da capital que mais recebeu a verba extra foi Diadema, no interior de São Paulo, que levou R$ 75 milhões. Em seguida, Araraquara (SP) ocupa a segunda posição com R$ 69,7 milhões. A terceira prefeitura que mais recebeu verba extra da Saúde, fora as capitais, foi Cabo Frio, no litoral do Rio de Janeiro, com R$ 57,8 milhões. As cidades de Mauá (SP), Teófilo Otoni (MG) e Belford Roxo (RJ), também receberam valores milionários. A verba extra é formada por recurso excedente que deve ser distribuído de forma estratégica para necessidades não previstas ou situações emergenciais. O pagamento é feito em parcela única. BNews