EC Vitória

A renovação de contrato de João Burse estava apalavrada e nesta quinta-feira (29) foi oficializada pelo Vitória. O novo vínculo se encerra em dezembro de 2023. O treinador já está trabalhando no planejamento da próxima temporada, quando o Leão terá quatro desafios pela frente: pré-Copa do Nordeste, Campeonato Baiano, Copa do Brasil e Série B do Brasileiro.

Os principais esforços do clube serão depositados na disputa da divisão de acesso nacional. Para João Burse, um desafio inédito, já que ele nunca treinou uma equipe na Série B.

“Tudo na vida tem sempre uma primeira vez. Eu nunca tinha disputado a Série C. A gente vem numa construção de profissional, da base, Série D, Série C e, agora, Série B. Feliz pela oportunidade de dar continuidade ao trabalho. Estamos muito felizes, mas sabemos da responsabilidade de tudo isso. Estamos concentrados, focados e criteriosos com as decisões que estamos tomando. As decisões foram tomadas em conjunto para concluir o que temos como objetivo”, afirmou o treinador.

João Burse chegou à Toca do Leão em junho, após as demissões de Dado Cavalcanti, Geninho e Fabiano Soares, com a missão de evitar a queda para a Série D. Fez muito mais que isso. Burse comandou uma reabilitação heroica na Série C e conquistou o acesso no último sábado (24), quando o Vitória empatou em 1×1 com o Paysandu, no estádio da Curuzu, em Belém.

O técnico assumiu o time na 12ª rodada. Na ocasião, o Vitória estava na 16ª posição e tinha os mesmos 11 pontos do Floresta, que abria a zona de rebaixamento, em 17º lugar. Foram 14 partidas: sete vitória, seis empates e apenas uma derrota, para o Figueirense, por 5×1, na segunda rodada do quadrangular, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O aproveitamento é de 64%.

Gestão de futebol

O diretor de futebol Edgard Montemor também teve o contrato ampliado até dezembro de 2023. Ele chegou à Toca do Leão em julho deste ano após Rodrigo Pastana deixar o clube para assinar com o Guarani.

“Quem no futebol tem dois meses para se planejar? Tem muito tempo que isso não acontece, então vamos aproveitar que a gente vai ter tempo, que a gente tem capacidade e deixar o Vitória ainda mais forte”, disse Montemor. Correio da Bahia