ec vitoria

Com seis desfalques em relação à rodada anterior, o Vitória venceu o Botafogo-SP, por 2×0, no Barradão. Os gols foram marcados pelos titulares Léo Gamalho e Iury Castilho com assistências de Zé Hugo, que deixou o banco de reservas no segundo tempo.

“Uma das grandes forças nossa é justamente a união desse grupo. Não tem vaidade”, elogiou o técnico Léo Condé após o jogo.

“Todos os jogadores muito incluídos. A gente roda muito o elenco na competição, mudando sistema de jogo, jogadores e características. Temos que dar atenção para todos. Nem sempre a equipe que joga a primeira partida vai ser a mesma que vai jogar a última. A gente trabalha com todo mundo”, afirmou o treinador rubro-negro durante entrevista coletiva.

Léo Condé também elogiou a atuação de Zé Hugo, que entrou em campo inspirado para mudar a história do jogo.

“É normal a equipe e jogadores oscilarem. Zé Hugo teve um início muito bom, depois caiu um pouco, buscou o espaço dele. É um jogador que vem sendo muito importante para a gente. Hoje entrou e participou de dois gols”.

O atacante foi titular pela última vez na 13ª rodada, em junho, mas pode voltar a ter oportunidade no onze inicial em breve.

“Ele vem entrando bem nos jogos. Se a gente entender que ele deve iniciar, vamos fazer. É um menino que não teve muita base, começou a jogar futebol bem tarde. Ele sabe que estamos sempre tentando evoluir a questão técnica dele e isso é bom que eleva o nível dele”, disse Léo Condé.

O elenco do Vitória se reapresenta na segunda-feira (21), quando iniciará os preparativos para a próxima partida da Série B, contra o Atlético-GO, no dia 27, às 18h, no estádio Antônio Accioly.

“Trabalhar sempre de acordo com o próximo jogo. Não dá para fazer previsão nessa competição. Competição difícil. Então é sempre o próximo jogo. Preparar bem. Por merecimento eles vão ganhar o fim de semana de folga, mas segunda-feira voltamos ao trabalho duro. O Atlético-GO vai ser um jogo muito difícil”, projetou o técnico. Correio da Bahia