Agência Brasil

Condenado pelo Supremo Tribunal Federal pela parcialidade contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sérgio Moro tem procurado pessoalmente empresários que ele gostaria de ter na equipe de sua pré-campanha para a eleição presidencial de 2022. O ex-juiz quer técnicos que apresentem soluções para a crise econômica, desemprego e inflação alta. A informação foi publicada pela coluna de Bela Megale. Para o ex-magistrado, a dificuldade de retomada do país está ligada ao desmonte das estruturas de combate à corrupção realizado pelo Congresso e o governo Bolsonaro. A equipe de Moro recebeu confirmações, porém os nomes têm sido guardados a sete chaves. No dia 10 de novembro, o Podemos, partido que abrigará o ex-juiz, fará um evento em Brasília (DF) para filiar o ex-juiz. Moro também está diretamente envolvido na organização do ato.