Reprodução

A Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec) confirmou que 299.360 pessoas foram atingidas ou prejudicadas pelas fortes chuvas que atingem a região sul da Bahia desde o dia 29 de novembro. A informação foi divulgada pelo órgão no domingo (19), que contabilizou 14 mortes e 276 feridos nos municípios afetados.

Ao todo, 4.453 pessoas estão desabrigadas e outras 15.483 foram desalojadas por causa da chuva. Há uma semana, no dia 13 de dezembro, o governo do estado decretou situação de emergência em 51 municípios na região. As situações mais críticas são na cidade de Jucuruçu, Itagimirim, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

A previsão é de mais chuva durante a semana em Itamaraju, município também gravemente atingido pelo temporal, e equipes da Sudec e da prefeitura da cidade inspecionam imóveis na cidade. Para auxiliar as famílias atingidas pela chuva, o Corpo de Bombeiros entregou cestas básicas, água, roupas e fraldas. Um helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) auxilia na distribuição de suprimentos para comunidades mais distantes e isoladas.

Um comboio com cinco caminhões e dois carros-pipa da Marinha do Brasil iniciou, nesta segunda-feira (20), o transporte de cerca de 20 toneladas de alimentos, roupas, mantimentos e outros donativos arrecadados em Salvador para famílias atingidas pela chuva na região sul da Bahia. Mais de 30 militares atuam na logística do material, que foi arrecadado em quatro dias na capital baiana.

De acordo com o Comandante Almeida, responsável pela logística, o material tem como destino a cidade de Itamaraju, de onde será distribuído para outros municípios vizinhos e entregue às famílias. O material tem previsão de chegada na terça-feira (21).

“Começou essa semana e cabe ao grupamento de fuzileiros navais fazer o transporte dos meios para a cidade de Itamaraju. Então, saindo daqui, indo para Itamaraju onde vamos descarregar todo esse material e as prefeituras de Jucuruçu, Itamaraju, Teixeira de Freitas vão poder pegar esse material lá”, declarou o comandante.

A vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, informou que a campanha de arrecadação funcionou em três pontos e destacou o sentimento de compaixão que as pessoas têm pelas outras em momentos de dificuldade, como as vividas pelas famílias no sul da Bahia.

“A gente que sofreu tanto em 2015 aprendeu que a solidariedade é fundamental para a gente se reerguer. Então estamos fazendo a nossa parte. Tivemos três locais de doação. Quinta, sexta, sábado e domingo arrecadamos cinco caminhões, cada um com cinco toneladas. Isso mostra que o povo baiano quando quer, ele pode. Ele se junta, faz amor, faz doação”, comentou.

O temporal no sul da Bahia começou no dia 29 de novembro. A BR-101 foi a primeira via a ser afetada em Itamaraju, porque os ventos fortes derrubaram nove árvores e muitos galhos na pista. A situação se agravou na madrugada do dia 8 deste mês, quando a cidade entrou na primeira lista de situação de emergência. g1