camara dep

O senador Sergio Moro (UB) teve uma troca de mensagens flagrada com o seu suplente, o advogado Luiz Felipe Cunha. A mensagens, obtidas pelo jornal O Globo, mostram que o ex-procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol teria ficado “desesperado” com aprovação do nome de Flávio Dino para o Supremo Tribunal Federal (STF).

“Me ligou, mandou mensagem e etc”, escreveu Cunha em uma mensagem. Então, Moro disse que Dallagnol também o procurou. “Mandou msg aqui”, postou. “Falo algo aqui? “O que acha?”, completou. O advogado então afirmou que escreveu ao ex-procurador sobre Moro. “Estarei ao seu lado sempre, por lealdade, por saber que você é um cara correto”.

Moro faz parte da oposição ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Senado. Porém, o ex-juiz não declarou seu voto na sessão que aprovou o nome de Dino para o STF, o que gerou críticas e questionamentos nas redes sociais. Além disso, antes da sessão na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Moro foi flagrado abraçando, rindo e conversando com Dino. BNews