Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O coordenador da bancada de 53 deputados mineiros, Luiz Fernando Faria, e Odair Cunha, líder do PT na Câmara dos Deputados, se reuniram para tratar das estratégias para eventuais alianças dos dois partidos para as eleições municipais deste ano em Minas Gerais. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo. De acordo com a publicação, a ideia é que PT e PSD possam caminhar juntos na formação de cabeças de chapas já neste pleito, cedendo a preferência para o partido que estiver mais forte. Um exemplo disso é Contagem, onde a petista Marília Campos (PT) é a favorita à reeleição e deve manter o atual vice, Ricardo Faria (PSD), na chapa. O mesmo deve se repetir em Juiz de Fora, onde o PSD pleiteia a vice da pré-candidata à reeleição Margarida Salomão (PT). A costura política em torno do PT-PSD mira eleger o maior números de prefeitos mineiros de olho em consolidar um melhor cenário para lançar Rodrigo Pacheco ao governo de Minas em 2026. Na semana passada, Lula elogiou Pacheco em viagem a Belo Horizonte e disse que o senador é um “grande nome” para o governo daqui a dois anos. Bahia.Ba