Foto: Agência Brasil

O deputado federal baiano Bacelar (Pode), ao lado do líder do seu partido, o parlamentar José Nelto (Pode), apresentaram nesta última terça-feira (8) o requerimento de convocação para o ministro Abraham Weintraub prestar depoimento na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.

Weintraub pode ser convocado para explicar o contingenciamento de 30% do orçamento de todas as universidades federais do país. Em especial os cortes na Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal da Bahia (Ufba), motivados pela suposta “balbúrdia” identificada pelo ministro nas instituições (veja aqui).

O ministro irá como convidado da comissão no dia 15 de maio para apresentar propostas do governo para a Educação, mas Bacelar espera aprovar no mesmo dia a convocação. Caso aprovada, Weintraub não terá escolha a não ser voltar ao colegiado para responder a questionamentos dos deputados.

“Queremos que ele explique esses cortes e também dê motivos sobre a forma jocosa em que ele desrespeitou os reitores”, disse Bacelar. O parlamentar baiano espera encontrar resistência da bancada do governo para a aprovação da convocação.

“Espero contar com os votos dos partidos de oposição e de alguns parlamentares que têm comprometimento maior com a educação”, concluiu. Bahia Notícias