detran ba

Taxistas e motoristas de aplicativo da Bahia podem ficar isentos da cobrança do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) caso a proposta do deputado estadual Sandro Régis (União Brasil) seja aceita pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-Ba).  A proposta foi apresentada como forma de emenda ao Projeto de Lei 25.077/2023, cujo texto inicial prevê isenção do referido imposto a carros elétricos com valor de até R$ 300 mil.

A matéria deve ser votada nesta terça-feira (5). “O projeto pode alcançar grande parte da população ativa que exerce as atividades de motoristas de táxis e aplicativos, garantindo a isenção no pagamento do IPVA”, afirma Sandro Régis, ao justificar a apresentação da emenda.

O deputado acrescentou uma pesquisa do IBGE que diz que, no quarto trimestre de 2022, o Brasil tinha 704 mil pessoas que trabalhavam por meio de transporte particular de passageiros e 207 mil por aplicativos de táxi. “Num recorte regional, o levantamento mostrou que na Bahia os trabalhadores por aplicativo têm o menor rendimento médio do país, trabalham 19,3% mais e ganham, por hora, 2,4% menos do que a média do setor privado no estado”, diz o comunicado enviado pelo político.

Se a emenda colocada pelo deputado Sandro Régis for aprovada junto com o texto original na Assembleia Legislativa, o projeto vai à sanção do governador Jerônimo Rodrigues (PT) e, sendo assinada, passa a valer a partir de janeiro de 2024. Bahia Notícias