Circula nas redes sociais um vídeo que mostra o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes durante uma palestra para atribuir a ele um plano contra a democracia. É #FAKE. O vídeo circula no WhatsApp e em redes sociais com a legenda: “Vejam a verdade por trás das cortinas, vejam o que os comunistas das trevas pensam em fazer, vamos viralizar, espalhem. O mesmo discurso do Adolph Hitler.”

No vídeo viral, Moraes diz: “Vamos cativar o eleitorado e agora vamos corroer a democracia por dentro. Como corroer a democracia por dentro? Sem um discurso tradicional de golpe, de acabar com a democracia? Não. Vamos dizer que a democracia está falida, está desvirtuada, não representa mais os anseios populares e nós, salvadores da pátria, vamos precisar substitui-la.”

Moraes não fez um discurso contra a democracia. O vídeo viral que circula nas redes sociais omite o contexto: o ministro falava a calouros de direito sobre os ataques às democracias que grupos de extrema direita estão promovendo em vários países, inclusive no Brasil.

O ministro é o relator do inquérito que tramita do STF e que investiga o ex-presidente Jair Bolsonaro, ex-ministros e militares sob a suspeita de terem participado de uma tentativa de golpe de Estado que tentava manter o ex-presidente no poder e culminou com a invasão dos Três Poderes em Brasília em 8 de janeiro do ano passado.

Trata-se de uma palestra na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, da Universidade de São Paulo (USP), na abertura do ano letivo, em 26 de fevereiro de 2024. Na ocasião, o g1 acompanhou uma entrevista coletiva do ministro depois da palestra.

É possível verificar a distorção ao consultar o vídeo original, gravado durante evento de recepção de calouros na faculdade. Uma marca no canto superior esquerdo do vídeo viral indica “Faculdade de Direito da USP” e “fevereiro de 2024.” G1