Foto: Ricardo Stuckert / PR

O presidente Lula (PT) disse, na última quarta-feira (15), que “não sabia” que “tinha tanta gente negra” no Rio Grande do Sul. A declaração ocorreu em evento realizado pelo Governo Federal, quando foi feito o anúncio do “Vale Reconstrução”, um pagamento de parcela única no valor de R$ 5,1 mil às famílias que perderam bens nas enchentes.

“Eu falei para a Janja no domingo: ‘É impressionante. Eu não tinha noção que no Rio Grande do Sul tinha tanta gente negra’. E no Fantástico apareceu muita gente, e eu disse: ‘Não é possível’. E a Janja me falou que são os mais pobres, moram nos lugares mais arriscados para serem vítimas dessas coisas”, contou.

O presidente ainda se sensibilizou pelas famílias que perderam seus bens durante as enchentes. “Eu fico imaginando essa gente que tá aí. Mulheres com filhos, mães que não têm marido, que têm dois, três filhos, que perderam sua casinha. Qual a expectativa que eles têm? Hora que secar, que tiver que voltar, vou voltar pra onde? Não existe mais o lugar que eu estava, se existe, tá quase insuportável”, afirmou.

Segundo o Censo do IBGE de 2022, o Rio Grande do Sul é o Estado do país com mais pessoas brancas: 78,4%. A pesquisa mostra que quase 710 mil pessoas autodeclaradas pretas, corresponde a 6,5% da população. Já 1,5 milhão (14,7%) se autodeclara parda e 34.184 (0,3%) indígena. BNews