EC Vitória

Contratado pelo Vitória na primeira quinzena de março, Léo ainda não teve a chance de estrear. Na verdade, reestrear. Após sair do Rubro-Negro em 2013, o lateral está de volta à Toca do Leão depois de sete anos. Nesse período, passou por clubes como Flamengo, Athletico-PR e Avaí. No seu retorno à Toca do Leão, um único objetivo.

– Primeiro pensamento que vem em minha cabeça foi colocar o Vitória de volta na Primeira Divisão. Sei das dificuldades que o clube está passando, lógico que um jogador trabalha para ter seu salário, mas meu pensamento aqui foi para ajudar o Vitória a voltar para a Primeira Divisão. Como cristão hoje, também ajudar os mais jovens e os mais experientes, que não são cristãos, a tomar um novo rumo na vida – disse o lateral.

No ano passado, Léo atuou pelo Avaí, mas ficou sem contrato ao final da temporada. Sem clube, manteve a forma em casa antes de assinar com o Vitória. Logo após o acerto, a pandemia suspendeu os campeonatos, o que fez o período de inatividade do jogador ser ainda maior.

– Ano passado passei cinco meses (sem jogar), mas não foi questão de ficar sem clube. Tinha clube para ir, mas estava resolvendo algumas coisas na família. Esse ano foi mais complicado. Estava dois meses em casa, assim que assinei com o Vitória, estava com esperança de voltar logo, treinar, aí teve essa pandemia. Aí ficaram cinco a seis meses, se não me engano. Mas tudo é um propósito – acrescentou. Globoesporte