Foto: Alvaro Jr/ PontePress

Após dois triunfos seguidos na Série B do Brasileiro, o Vitória voltou a tropeçar no campeonato. Na tarde deste sábado (30), o rubro-negro empatou sem gols com a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Adversários diretos na luta contra o rebaixamento, as equipes se estudaram bastante no começo do jogo e não foram eficientes na etapa final. No primeiro tempo, os times se arriscaram pouco, mas o Vitória fez melhor apresentação. Não à toa, o destaque foi o goleiro Ivan.

Ele evitou duas vezes que a rede fosse estufada, em tentativas de Fabinho e Roberto. Já no segundo tempo, quando a Ponte Preta se lançou mais no jogo, quem roubou a cena foi o arqueiro rubro-negro, com uma bela defesa nos minutos finais do confronto, que garantiu o resultado. Foi o 15º empate da equipe baiana nesta edição da Série B.

Agora com 33 pontos, o Vitória subiu uma posição na tabela e está em 17º lugar. No entanto, ainda pode retornar para a 18ª colocação, já que o Londrina entra em campo neste sábado para fechar a 33ª rodada, às 18h45, contra o Confiança, no estádio Batistão. Independentemente do confronto do rival, o empate com a Ponte Preta reduziu a distância para a saída do Leão da zona de rebaixamento, pois o Brusque, 16º colocado, com 35 pontos, perdeu para o Vila Nova.

O jogo

A primeira investida do Vitória no jogo foi com Bruno Oliveira, que recebeu lançamento de Roberto, dominou, mas chutou para fora. A Ponte Preta respondeu com Moisés. Após cruzamento de Yago Henrique, o atacante testou e chamou o goleiro Lucas Arcanjo para o jogo, que espalmou a redonda.

O rubro-negro voltou a chegar bem ao ataque quando Fabinho invadiu a área e mandou uma bomba. Ivan espalmou e evitou que a bola estufasse a rede no estádio Moisés Lucarelli. Nos minutos finais da etapa inicial, o goleiro da Macaca ainda fez uma outra boa defesa após investida do Vitória pela direita. Raul Prata cruzou na medida, Marcinho não pegou bem de cabeça, mas a bola sobrou livre para Roberto, que soltou o pé, mas viu Ivan sair melhor na foto.

O primeiro lance de perigo do segundo tempo foi registrado pela Ponte Preta. Moisés serviu e Rafael Santos bateu. A bola desviou em Raul Prata, mas Lucas Arcanjo conseguiu espalmar. A resposta do Vitória veio um pouco depois. Na entrada da área, Fernando Neto chutou contra a meta, mas Ivan defendeu. O rubro-negro teve nova chance de abrir o placar com David, que viu o goleiro rival adiantado e tentou encobri-lo, mas errou o alvo.

De longe, Lucas Cândido chutou forte e a bola passou perto do travessão. Nos minutos finais, quem roubou a cena foi o goleiro do Vitória. Lucas Arcanjo precisou saltar para conseguir espalmar a cebeçada certeira de Rodrigão. O Vitória volta a campo já na terça-feira (2), às 16h, quando recebe o CSA, no Barradão, pela 33ª rodada da Série B do Brasileiro. (Correio da Bahia)