Promovido pela Federação das Santas Casas da Bahia (FESFBA), o encontro nacional das Santas Casas será realizado em Salvador em fevereiro. Nesta edição, será discutida a situação financeira das entidades a nível nacional e também medidas assertivas para evitar o fechamento de unidades como a de São Paulo.

 

“Os esforços empreendidos para salvar a maior Santa Casa da América Latina servirão de parâmetro para outras ações que deverão ser tomadas para beneficiar outras instituições do país”, declarou o presidente da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas, Antonio Brito (PSD-BA).

 

Ele esteve em São Paulo na segunda (22) para convidar o provedor da Santa Casa de São Paulo, Antonio Penteado, a participar do encontro em Salvador. Em 2016, a Santa Casa de São Paulo passou por uma grave crise e ocorreu a paralisação de diversos setores. Mas, a entidade conseguiu se reestruturar financeiramente por meio de empréstimos, refinanciamento de dívidas e adoção de medidas administrativas que permitiram sua sobrevivência.