Foto: Leo Moreira | Ag. A TARDE

Um adolescente de 13 anos foi morto a tiros no bairro de Sete de Abril, em Salvador, após sair para um encontro romântico com uma mulher, marcado pelas redes sociais. Segundo informações de familiares de Lucas Silva de Jesus, ele teria marcado o encontro no dia 30 de agosto. Ao chegar no local, o rapaz teria sido retirado à força da carro de um motorista por aplicativo por criminosos e baleado várias vezes.

Ainda não se sabe se o perfil da mulher, que ele conversava há cerca de duas semanas, era falso. O garoto mandou prints de uma conversa com ela para amigos. No bate-papo, o jovem chega a avisar que já tinha saído de casa e estava a caminho do encontro marcado, que era desconhecido pela família.

“A gente não sabia, na verdade, a gente só soube através dos amigos depois. Sempre procurava vigiar as redes sociais dele, mas ele era um menino muito esperto, mudava a senha e eu não tinha acesso”. disse a mãe do adolescente, que preferiu não revelar a identidade por medo.

De acordo com a mãe do garoto, ele era tímido e não costumava conversar com a família sobre namoradas. “Era um menino calado, tranquilo e eu nem sabia que ele já estava namorando. Foi um susto para mim”, afirmou.

Lucas de Jesus foi para o restaurante dos pais, onde ajudava a mãe, e de lá saiu para a escola, no bairro de Cajazeiras. Ele foi acompanhado de um mototaxista, que o levava todos os dias. No meio do caminho, parou na casa de um amigo e deixou a mochila.

A família do adolescente acreditava que ele continuaria o percurso para e escola em uma van. No entanto, ele pegou um carro de um motorista por aplicativo, onde foi ao encontro com a mulher, no bairro Sete de Abril. Segundo familiares, ao chegar no local, o adolescente teria sido retirado à força do carro de um motorista por aplicativo por criminosos e baleado várias vezes. G1