O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou seis milhões de participantes às 18h45 de sexta-feira, 17 de maio, último dia de inscrições. São Paulo (16,11%), Minas Gerais (10,24%) e Bahia (7,67%) têm o maior número de participantes inscritos. Os quatro estados do Sudeste, juntos, registram mais de 35% do total.

O número de inscrições confirmadas só será conhecido quando terminar o prazo para pagamento da taxa de inscrição. Só foi possível fazer a inscrição pela internet, na Página do Participante, até 23h59 de sexta. Todos os interessados em participar do Enem precisam se inscrever, mesmo quem solicitou a isenção da taxa de inscrição.

No valor de R$ 85, a taxa deve ser paga até 23 de maio. As provas do Enem 2019 serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é realizado anualmente pelo Inep, autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC). Em 21 edições, o exame recebeu quase 100 milhões de inscrições.

O Enem avalia o desempenho do estudante e viabiliza o acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e instituições portuguesas. O exame também possibilita o financiamento e apoio estudantil, por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os dados do Enem também permitem autoavaliação do estudante o desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais. O exame é aplicado em dois domingos e tem quatro provas objetivas, com 180 questões, além de uma redação.