Foto: Paulo Vitor Nadal / Bahia Notícias

A primeira mulher a passar pela Secretaria de Relações Institucionais da Bahia (Serin), Cibele Carvalho (PT), comentou que todos que passam pelo cargo “viram saco de porradas”. Em entrevista ao Bahia Notícias, a prefeita eleita de Rafael Jambeiro disse que entende a dificuldade que a secretaria impõe aos que a assumem e que a falta de alguém no posto não afetou as eleições municipais.

“É para estar blindando os problemas. Todos viram saco de porradas. Estamos ainda no calor dos resultados e se a gente for parar para analisar friamente, saímos vitoriosos. A vitória foi da base do governador Rui Costa. Não é que não houve articulação, poderia ter sido melhor, mas temos que analisar as variáveis”, pontuou.

Com a saída de Cibele em julho e sem movimentos para um novo nome na pasta, a cadeira permanece de forma interina com Jonival Lucas. Mesmo sem a articulação durante as eleições, para a ex-Serin, “o governador foi espetacular e de uma honra incrível”. “Preferiu neste momento salvar vidas e em detrimento de fazer uma articulação política mais firme e de participar de campanhas eleitorais”.

“Atravessando o momento que estamos, melhorou, mas está vindo da OMS a preocupação da segunda onda da Covid. Esse aumento vem após período eleitoral, pois houve um relaxamento da população e de alguns entes políticos. O governador nunca deixou de estar atento. Ele priorizou salvar vidas do que mergulhar na articulação política”, finalizou. (Bahia Notícias)