Foto : Fernando Vivas/GOVBA

O Estado da Bahia atingiu, no domingo (27), o menor índice de ocupação em leitos de UTI (75%). O secretário de saúde Fábio Vilas-Boas, comemorou a conquista através das redes sociais. “Boas notícias! Atingimos a mais baixa taxa de ocupação de leitos de UTI dos últimos meses, além do mais baixo número de pessoas esperando UTI”, escreveu. O secretário reforçou que os números ainda são elevados, mas já ajudará a prever um esperado aumento de casos pós festejos juninos.

Segundo o boletim desta segunda, a Bahia tem 3.467 leitos ativos para tratamento da Covid-19. Desse total, 2.233 estão com pacientes, o que representa taxa de ocupação geral de 64%. Desses leitos, 1.608 são de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto e estão com taxa de ocupação de 75% (1.209 leitos ocupados). Já nas UTIs pediátricas, 24 das 35 estão com pessoas internadas, o que representa uma taxa de ocupação de 69%. Os leitos clínicos para adultos estão com 54% de ocupação e os infantis com 76%.

Em Salvador, dos 1.547 leitos ativos, 987 estão ocupados (64% de ocupação geral). A taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto é de 70% e o pediátrico está em 67%. Ainda na capital baiana, os leitos clínicos para adultos estão com 55% de ocupação e os infantis com 89%. Ainda segundo a Sesab, até as 12h desta segunda, 26 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros quatro pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema.