Foto_Jefferson-Peixoto_Secom_Pms

Salvador completou 475 anos nesta última sexta-feira (29), repleta de belezas naturais e paisagens marcantes, de atrativos culturais, artísticos e gastronômicos, além de patrimônio e importância históricos únicos.

Com tantos cenários lindos, dificilmente a capital baiana não sai muito bem em uma foto. Mas você já conhece o retrato mais atual de Salvador, segundo o Censo Demográfico 2022? O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou dados na quinta-feira (28) que ajudam a traçar o perfil de Salvador: feminina e preta.

  • Tem 2.417.678 habitantes e é o 5º município mais populoso do país;
  • É a capital mais feminina e o 2º município brasileiro com maior proporção de mulheres na população, de 54,4%;
  • A idade mediana de quem mora em Salvador é 38 anos, a 2ª mais alta entre as capitais, abaixo apenas de Porto Alegre (RS) (39 anos) e empatada com Belo Horizonte (MG), Vitória (ES) e Rio de Janeiro;
  • Salvador tem 98 pessoas idosas (de 60 anos ou mais) para cada 100 crianças ou adolescentes de até 14 anos de idade;
  • Em 2010, havia 45 pessoas idosas para cada 100 crianças/adolescentes. A cidade teve o 5° maior aumento no índice de envelhecimento, entre as capitais.

Maior proporção de população preta 👩🏿

  • Salvador é a capital brasileira com as maiores proporções de população preta (34,1%) e preta + parda (83,2%) e as menores proporções de pessoas brancas (16,5%) e amarelas (0,1%);
  • Também é a capital com o maior número de quilombolas e o 2º município brasileiro com mais pessoas que assim se declaram (15.897);
  • É, ainda, a 2ª capital brasileira com maior população indígena, somando as pessoas que declaram sua cor ou raça indígena com as que se consideram indígenas (27.715), abaixo apenas de Manaus;
  • Salvador é a capital com o maior número de estabelecimentos de ensino por habitante: 1,3 para cada 1.000 pessoas. Por outro lado, tem o 3º menor total de estabelecimentos de saúde “per capita”: 0,6 para cada 1.000 habitantes; G1