© Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

Gabriel Galípolo, diretor de política monetária do Banco Central, será o novo presidente da instituição financeira a partir de 2025, após o encerramento do mandato de Campos Neto, indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) ao cargo. O presidente Lula (PT) deve anunciar a sua escolha em agosto, com data ainda a definir. De acordo com a coluna Lauro Jardim, do jornal O Globo, o dia em que Galípolo será anunciado pelo petista foi sugerido por Roberto Campos Neto, atual presidente do BC, a Fernando Haddad, ministro da Fazenda. Sem revelar a data, o colunista alega que uma das justificativas para a referida data gira em torno da justificativa de Campos Neto a Haddad que afirma que se o anúncio fosse feito com antecedência demasiada o poder no BC ficaria dividido muito antes do fim do mandato; se fosse no fim do ano, dificultaria uma boa transição.