O Bahia entrou no gramado do Estádio Independência na noite deste domingo (25), para encarar o América-MG já com a vaga garantida na próxima edição da Copa Sul-Americana, por causa do empate do Ceará com o Atlético-PR segundo informações do Bahia Notícias. Coincidência ou não, o Tricolor fez um segundo tempo apático e acabou derrotado pelo Coelho por 1 a 0, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

O atacante Juninho foi o autor do único gol da partida aos dois minutos do segundo tempo. Apesar do revés, o Tricolor segue na 11ª posição com 47 pontos na tabela de classificação. Já o Coelho, segue vivo na briga contra o rebaixamento ao somar 40 pontos e subir para a 17ª colocação do Campeonato. A Chapecoense tem 41 e encontra-se na 16ª, fora da degola.

 

Na última rodada, todos os jogos serão realizados no próximo domingo (2), a partir das 16h. O Bahia recebe a visita do Cruzeiro na Arena Fonte Nova. Enquanto o América-MG finaliza sua participação diante do Fluminense no Rio de Janeiro. A CBF ainda vai definir o local da partida, já que o Flamengo também jogará contra o Atlético-PR na capital carioca. O Bahia era o visitante, mas começou a partida melhor do que o dono da casa América-MG.

 

Com boa postura em campo, o Tricolor tomou conta das ações no início do jogo, impondo seu ritmo. As melhores tramas eram construídas pelo lado esquerdo com tabelas entre Léo e Ramires. Já o Coelho, criava boas iniciativas pelo lado direito com Marquinhos. Apesar do jogo ser movimentado com as duas equipes buscando o ataque, nenhuma delas conseguiu levar perigo às metas de João Ricardo e Douglas.

 

O Coelho teve boa oportunidade numa cobrança de falta de Marquinhos aos 33 minutos. A bola balançou a rede pelo lado de fora. Já o Tricolor, esteve perto de abrir o placar no final da etapa inicial aos 45 minutos com Clayton. Ramires cobrou o escanteio no primeiro pau e ele cabeceou com muito perigo obrigando João Ricardo a fazer boa defesa.

 

Segundo tempo

As duas equipes voltaram do vestiário sem alterações. O Coelho abriu o placar logo aos dois minutos do reinício da partida com Juninho. Num lançamento pelo lado esquerdo, Tiago cortou, mas a bola caiu nos pés de Luan, que tocou para Rafael Moura. O He-Man deu com açúcar para Juninho, que se infiltrou pelo meio da marcação e, cara-a-cara com Douglas, tocou no cantinho direito. América-MG 1×0 Bahia.

 

O Bahia demonstra apatia nesta etapa complementar. À frente no placar, o América-MG passou a deixar o adversário com a bola e explorar os contra-ataques. Sem criatividade, o time baiano não conseguia construir nenhuma boa jogada ofensiva. Aos 28 minutos, por muito pouco Rafael Moura não ampliou o placar para o Coelho.

 

França chegou bem pelo lado direito e cruzou para área. De peixinho, He-Man desviou de cabeça, tirando de Douglas, mas a bola foi fraquinha em direção à linha de fundo e a defesa tricolor afastou. Aos 39 minutos, Vinícius errou o domínio e armou um contra-ataque do time mineiro. Rafael Moura avançou e tocou para Matheusinho. Mas ele bateu mal e a bola subiu demais passando por cima da meta de Douglas.