Foto: Fernando Vivas/GOVBA

O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, sancionou a lei que proíbe a nomeação de pessoas que tenham sido condenadas por crimes de racismo no estado, para assumir cargos públicos. A lei foi assinada na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador, durante o evento em celebração ao Novembro Negro, na noite de terça-feira (21). O projeto de lei foi criado pela deputada estadual Fabíola Mansur e foi aprovado, de forma unânime, pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), no mês de agosto. Segundo o governador, a lei contribui com a construção de políticas antirracistas dentro das instituições. “Todos aqueles que praticam qualquer ato racista precisam entender que o Estado está alerta a isso. Não vamos deixar que essas pessoas tenham a oportunidade de praticar o racismo institucional em cargos de Governo”, disse Jerônimo. G1