Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O governador Jerônimo Rodrigues anunciou, nesta última quinta-feira (7), investimentos do Governo do Estado para o município de Camaçari, parte deles impulsionado pela instalação da BYD.  O governador também sancionou a lei que isenta o IPVA de veículos elétricos de até R$ 300 mil e estabelece em 2,5% do imposto para veículos elétricos de valor superior, que já tinha sido votado pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-Ba).

Além disso,  ele também autorizou a obra de recuperação da atual ponte sobre o Rio Jacuípe, no trecho da BA-512, entre Jordão e Monte Gordo, com recursos de R$ 329 mil. A licitação para essa construção de uma nova ponte, em substituição à atual, ainda não aconteceram.

“Viemos aqui hoje apresentar um cardápio de investimentos que já vem acontecendo em Camaçari, preparando a cidade para dinamizar a sua economia e gerar renda. Estamos em diálogo com a comunidade, e queremos que todos os setores estejam preparados para o desenvolvimento que virá”, ressaltou o governador.

Quatro representantes de diferentes segmentos da sociedade de Camaçari entregaram ao governador cartas com as demandas e as propostas de seus respectivos grupos de trabalho. Os documentos tratam de questões relacionadas à esfera empresarial, laboral, de infraestrutura e social, como a geração de emprego e renda, a qualificação profissional, a mobilidade urbana, a preservação ambiental, a participação popular, entre outras.

FÁBRICA BYD

Vice-presidente global da BYD, Stella Li declarou que a obra para a construção das plantas terá início em fevereiro de 2024, e que a previsão é de que, no mesmo ano, comecem a ser montados os primeiros veículos na unidade baiana. A produção na fábrica está prevista para começar em 2025, com nova perspectiva de 300 mil veículos produzidos por ano.

“Vamos começar em breve os processos de qualificação e seleção, e tenho uma mensagem muito clara: estejam preparados. Não só para a estrutura de funcionários e mão de obra para a fábrica, mas para dispor de bons restaurantes, bons hotéis. Teremos uma oferta de 10 mil empregos diretos e indiretos”, declarou Stella Li, que pontuou os planos da BYD em investir em pesquisa e intercâmbio de estudantes na China.

Acompanharam a reunião os secretários da Casa Civil, Afonso Florence; de Relações Institucionais, Luiz Caetano; do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães; representantes da BYD, da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) e do Comitê Organizacional da cidade, que apresentou sugestões para as autoridades presentes. (BN)