Foto: Matheus Landim/GOVBA

O governo baiano divulgou nesta sexta-feira (8) o valor do contrato de venda do espaço ocupado pela antiga Ford comprado pela BYD. O terreno de pouco mais de 468 hectares [468 campos de futebol] – sendo 31,8 hectares de área edificada – fica no distrito industrial leste do polo petroquímico de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Segundo o contrato de compra e venda, a área, que inclui benfeitorias, foi arrematada pela montadora chinesa por R$ 287,8 milhões. Em agosto do ano passado, a Ford vendeu a área para o governo baiano. No entanto, os valores não foram divulgados. Na tarde da última terça-feira (5), o governador Jerônimo Rodrigues (PT) assinou, junto com o representante da BYD, Tyler Li, o termo que autorizou o início das obras da empresa na Bahia.

O gesto foi visto como reforço da parceria entre o governo baiano e os chineses diante de outros interessados, como a Lecar, empresa brasileira de carros elétricos, que sinalizou interesse no espaço da antiga Ford.

Na quinta-feira (7), a mesma Lecar declarou desistir de recorrer à medida do governo baiano que desclassificou a empresa de disputar a compra do antigo complexo da Ford em Camaçari. A intenção é que a montadora chinesa lance os primeiros veículos entre o fim deste ano e o começo do próximo.