© nuzeee/Pixabay

O Governo da Bahia, anunciou, nesta sexta-feira (16), um plano de ação para enfrentamento da dengue com intensificação de atendimentos e capacitação de equipes. Entre 31 de dezembro do ano passado e quarta-feira (14), a Secretaria de Saúde (Sesab) notificou 6,3 mil casos prováveis de dengue em todo estado.

Nesta sexta-feira, o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, se reuniu com a secretária da Saúde, Roberta Santana, gestores e corpo técnico da Sesab, da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec) e da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) para discutir estratégias emergenciais no combate à doença.

Os municípios baiano com maior incidência da doença são Jacaraci e Piripá. O estado está com 13 municípios em epidemia de dengue. É o que aponta o levantamento feito no Sistema de Notificação de Agravos e Notificações (Sinan), divulgado pela Sesab. Na quinta-feira (15), a secretaria confirmou duas mortes por dengue no estado. Ambas aconteceram em cidades do sudoeste do estado e entre elas uma criança de 5 anos.

👉 Uma das principais medidas discutidas foi a intensificação do atendimento da Sesab aos municípios em situação de epidemia, risco e alerta da dengue, e orientação à população quanto à prevenção e atenção aos sintomas da doença.

👉 As equipes da Sesab irão realizar visitas regulares às equipes de vigilância em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Hospitais Públicos de Pequeno Porte (HPP), para promover a capacitação das equipes estaduais e municipais por meio do programa Telesaúde.

Veja abaixo mais medidas:

  • vacinação com a chegada de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde;
  • aplicação do carro fumacê;
  • cuidados com habitações que estão isoladas ou esvaziadas.

O órgão também está equipado com drones para realizar o mapeamento e identificação de possíveis focos de reprodução do mosquito. A secretaria vai, ainda, ordenar a realização de mutirões de limpeza em áreas consideradas críticas a fim de eliminar recipientes que possam acumular água parada.

No sábado (17), a Sesab dará continuidade às estratégias de atuação no enfrentamento à dengue, reunindo os prefeitos de 39 municípios baianos que se encontram em situação de epidemia, risco e alerta.

Com a agenda, órgãos governamentais e municipais alinharão esforços e fortalecerão a cooperação na luta contra a dengue, protegendo a saúde da população e contendo a propagação da doença.

Sintomas

A dengue faz parte de um grupo de doenças denominadas arboviroses, que se caracterizam por serem causadas por vírus transmitidos por vetores. Os principais sintomas são:

  • Dor abdominal (dor na barriga) intensa e contínua;
  • Vômitos persistentes;
  • Acúmulo de líquidos em cavidades corporais (ascite, derrame pleural, derrame pericárdico);
  • Hipotensão postural e/ou lipotímia;
  • Letargia e/ou irritabilidade;
  • Aumento do tamanho do fígado (hepatomegalia) > 2cm;
  • Sangramento de mucosa;
  • Aumento progressivo do hematócrito. G1