Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Com a previsão de iniciar as atividades no segundo semestre deste ano, a BYD  deu pontapé aos trâmites para instalação das fábricas em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador (RMS). Nesta quarta-feira (20), o governador Jerônimo Rodrigues (PT) revelou que pretende expandir as atividades da montadora chinesa para outros municípios do estado, a exemplo de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano.

“Estamos dialogando com a própria empresa BYD, a expansão para Vitória da Conquista, Feira de Santana, Extremo Sul e Oeste da Bahia”, contou o chefe do Executivo estadual, sem dar muitos detalhes.

O governador firmou, nesta manhã, uma cooperação com a Uber Brasil para que o software de emergência da plataforma seja conectado diretamente ao Centro Integrado de Comando e Controle da Secretaria de Segurança Pública (SSP). A solenidade aconteceu no Centro de Operações e Inteligência (COI) da SSP, no CAB.

A CEO da BYD, Stella Li, esteve no município, na última segunda-feira (18), quando fez uma visita técnica ao local em que será implantada a fábrica. Além de se reunir com Jerônimo, a CEO também teve um encontro com o prefeito Elinaldo Araújo (União Brasil), que exaltou o equipamento sem dar os créditos à gestão estadual, se restringindo a atribuir a conquista apenas como se fosse um mérito do seu governo.

Em resposta, Jerônimo afirmou que prefere celebrar a alegria da chegada da nova fábrica no estado e, consequentemente, a geração de emprego.

“[…]. Eu não vou rastrear, não vou baixar o nível da minha alegria. Eu quero celebrar com o povo de Camaçari e da Bahia. […]. A minha resposta é essa: a alegria que a Bahia tem que ter em celebrar 10 mil empregos. É possível que o prefeito não precise da BYD, ele tem dinheiro o suficiente para cuidar”, destacou o petista.

O governador ainda anunciou que promoverá cursos de qualificação para os trabalhadores da empresa asiática. De acordo com o chefe do Palácio de Ondina, o governo irá implantar “cursos de português para os chineses que virão como de mandarim para que os nossos profissionais tenham noções básicas para dialogar com os chineses”, completou.

Carregadores

Os carros 100% elétricos funcionam a base de carregador, deste modo, os carros fabricados pela BYD também acompanharam um carregador para que o consumidor possa recarregar a bateria do seu veículo. Nas estradas baianas, o equipamento deve ser implantado nos postos de combustíveis.

Em conversa com a imprensa, Jerônimo afirmou que a CEO da empresa chinesa garantiu a gestão estadual 100 carregadores para serem distribuídos no estado.

“[A CEO da BYD, Stella Li] me garantiu 100 carregadores de carros elétricos para a gente poder dizer onde é que a gente quer instalar para a gente poder estimular. Teremos, em breve, uma reunião com uma das operadoras, a Shell, que em seus postos de combustíveis instalaram os equipamentos de carregadores”, concluiu. Bahia.Ba