© Valter Campanato/Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, anunciou, nesta última quinta-feira (21), que o governo federal vai pagar recompensas de até R$ 100 mil para quem fornecer informações de criminosos procurados. O valor do pagamento será definido a partir de critérios estabelecidos pela pasta.

A portaria que cria a medida foi publicada no Diário Oficial da União de sexta-feira (22). De acordo com a norma, uma lista com o nome dos procurados será criada e disponibilizada no site do ministério.

Para isso, as unidades da federação devem enviar, em até oito meses, os nomes de criminosos procurados que se enquadrem nas normas estabelecidas pela pasta. A partir disso, o ministério fará a seleção de indivíduos que constarão na lista final.

Critérios para estar na lista de foragidos do MJSP

Critério Peso 1 Peso 3 Peso 5
Prática de crime hediondo ou equiparado Ter mandado de prisão vigente Ter de dois a quatro mandados de prisão vigentes Ter cinco ou mais mandados vigentes
Prática de crime de associação ou organização Criminosa, direcionado à prática de crime hediondo ou equiparado Não se aplica Ter um mandado de prisão vigente Ter mais de um mandado de prisão vigente
Liderança de organização criminosa Não se aplica Exercer função de liderança, embora não seja o líder Exercer a função de liderança
Ter mandado de prisão em mais de uma unidade da federação Não se aplica Ter mais de dois mandados vigentes Ter mais de três mandados vigentes