Foto: Divulgação

Com 99 anos e uma imensa vontade de voltar a andar, Maria de Castro Pereira, moradora de Medeiros Neto, município do extremo sul baiano, foi a primeira paciente atendida no Hospital Estadual Costa das Baleias (HECB). Ela foi para a unidade na noite deste domingo (12), transferida do Hospital Municipal de Medeiros Neto, onde deu entrada por conta de uma fratura de fêmur. Maria de Castro também foi a primeira paciente a passar por uma cirurgia no novo hospital que integra a rede de assistência da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

Ela e outros 11 baianos já estão sendo beneficiados pela entrega feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo governador Jerônimo Rodrigues e pela secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana, na última sexta-feira (10).

Maria Bernarda, filha de Maria de Castro Pereira, conta que sua mãe sempre foi muito ativa e gostava de cuidar das suas coisas. “Ela ainda caminhava pela casa, fazia crochê e fazia ainda diversas coisas na casa”, contou Maria Bernarda à secretária Roberta Santana, quando a titular da pasta esteve em visita ao Hospital Municipal de Medeiros Neto na quinta-feira (11). Esperançosa, ela afirmou que gostaria que o tratamento da mãe fosse oferecido mais próximo de casa. “Se for possível, prefiro esperar um pouco e ter o tratamento aqui na região que ir pra Salvador”, afirmou.

Com a solicitação de transferência já feita à Central Estadual de Regulação, os médicos reguladores já estavam verificando a possibilidade de encaminhá-la para uma unidade que desse o suporte que ela precisava. “Consultei os médicos reguladores, há a possibilidade de Dona Maria de Castro ir para o Hospital Ortopédico, em Salvador, mas com a possibilidade de ela ter assistência aqui mais próximo, ela será encaminhada para o HECB, de acordo com os médicos reguladores”, explicou Roberta Santana, recebendo como resposta um largo sorriso e um choro de emoção.

“É um momento muito importante para nós. É muito gratificante estar recebendo a primeira paciente e realizando a primeira cirurgia do hospital. Agradecemos a Deus e ao Governo da Bahia por ter esse trabalho incrível, um hospital desta magnitude e complexidade no Extremo Sul da Bahia”, afirmou o diretor técnico do HECB, Igor Malacarne.

Esse é o início da operação do hospital que teve um investimento do Governo do Estado de R$ 200 milhões entre obras, equipamentos e mobiliário, e conta com 216 leitos, sendo 30 de UTI adulto e pediátrica. Dispõe de um avançado centro de bioimagem, equipado com ressonância magnética e tomografia computadorizada, assim como ultrassonografia, mamografia, eletroencefalograma (EEG), eletrocardiograma (ECG), endoscopia e raio-x. Completam a estrutura, sete salas cirúrgicas e instalações para hemodinâmica.

Referência para 21 municípios e mais de 800 mil habitantes, o HECB possui um perfil assistencial diversificado, oferecendo especialidades que vão desde clínica geral, passando pela pediatria, ortopedia, cardiologia, angiologia, urologia, mastologia, cirurgia torácica, oncologia até a neurocirurgia, suprindo diversas carências da região.

O diretor-geral do HECB, Marco Antônio Andrade explica que a unidade tem o acesso de pacientes 100% referenciados pela Central Estadual de Regulação nas situações de urgência e emergência, bem como pelo SAMU. “A nossa primeira paciente veio via solicitação da Central Estadual de Regulação. Vimos que ela tinha o perfil para ser atendida aqui e agora estamos dando toda assistência que ela precisa”.