Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Após a grande repercussão gerada pelo fato, o governo da Bahia divulgou, nesta terça-feira (3), uma nota em que lamenta o episódio em que o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, xingou a chef de cozinha Angeluci Figueiredo, do restaurante Preta, de “vagabunda”. No texto, a Secretaria de Comunicação sinaliza que considera “inadmissível qualquer tipo de agressão” e manifesta “total solidariedade à empresária Angeluci Figueiredo e a todas as mulheres”. O caso em questão aconteceu no domingo (1º) e veio à tona na segunda (2). A chef cancelou a reserva feita pelo secretário no restaurante Preta, localizado na Ilha dos Frades, na Baía de Todos-os-Santos, diante do mau tempo. A reação do secretário foi enviar mensagens para a proprietária do estabelecimento com ofensas. Durante conversa divulgada através de um aplicativo de mensagens com Angeluci, Vilas-Boas chamou a chef de “vagabunda”. O episódio foi manchetes em diversos veículos de comunicação, locais e nacionais. Diante da repercussão, Fábio Vilas-Boas se desculpou publicamente através de publicações no Twitter. (BN)