O ex-presidente, Jair Bolsonaro (PL), subiu no trio que marca seu ato na Avenida Paulista, segurando a bandeira de Israel. O político deve ser o último a discursar no evento deste domingo (25). A exibição da bandeira israelense acontece em meio a polêmica de uma declaração do presidente Lula (PT) comparando a situação na Faixa de Gaza ao extermínio de judeus durante a Segunda Guerra Mundial. “O que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino não existiu em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu. Quando Hitler resolveu matar os judeus”, disse Lula, durante uma entrevista coletiva na Etiópia. BNews