O Ministério da Educação anunciou nesta segunda-feira (15) o cronograma do Programa Universidade para Todos (Prouni) 2018. Os estudantes interessados em participar da seleção para as bolsas de estudo terão do dia 6 de fevereiro às 23h59min do dia 9 do mesmo mês para se inscreverem. A candidatura deverá ser feita no site do MEC.

 

Podem concorrer brasileiros não portadores de diploma de curso superior e que tenham participado do Enem 2017. É necessário, ainda, que o candidato atenda a pelo menos uma das seguintes condições: ter cursado o Ensino Médio em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral; possuir alguma deficiência; ser professor da rede pública.

 

Programa do Ministério da Educação, o Prouni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de Ensino Superior, em cursos de graduação e cursos sequenciais de formação específica. Na segunda edição do programa em 2017 foram ofertadas 147.492 bolsas, sendo 67.603 delas integrais e 79.889 parciais, todas distribuídas em 1.076 instituições pelo Brasil. Confira o edital no site do Ministério da Educação.

 

As bolsas integrais se destinam aos candidatos cuja renda familiar bruta mensal per capita não exceda 1,5 salário mínimo. Já as parciais são voltadas aos estudantes com renda familiar bruta mensal per capita inferior a três salários mínimos. Poderão ser postuladas até duas opções de instituição, local de oferta, curso, turno e tipo de bolsa pretendida.

 

O processo seletivo é composto de duas chamadas sucessivas. A previsão é de que o resultado com a lista dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada seja divulgado no dia 14 de fevereiro. A segunda está prevista para sair em 2 de março. Para participar da lista de espera, o candidato que não foi pré-selecionado deverá manifestar seu interesse por meio da página do Prouni na internet entre os dias 16 e 19 de março.