Vereadores de Itapetinga, no Médio Sudoeste da Bahia, fizeram uma sessão inusitada na noite desta última quarta-feira (8). Cinco edis montaram a reunião em frente ao prédio da Câmara de Vereadores, na Avenida Hildebrando Nogueira.

Um dos presentes, o vereador Diego Queiroz Rodrigues (PR), considera o fato como manobra da presidente da Casa, Naara Duarte (DEM). Segundo Rodrigues, a sessão discutiria a situação dos servidores da Câmara, que estão paralisados e cobram reajuste salarial.

“A sessão estava prevista para acontecer, só que quando a gente chegou, por volta das 18h40, a porta da Câmara estava fechada e as luzes estavam apagadas. A informação que nós temos é que a presidente da Câmara não abriu a sessão porque não haveria número de servidores. Só que os servidores paralisaram, mas deixaram o número legal, ou seja, 30% do efetivo”, relatou o vereador.

Com o veto à entrada na Casa, cinco vereadores de oposição à presidente da Casa fizeram a sessão. Os servidores da Câmara de Itapetinga [19 no total] pedem aumento salarial de 10%. Bahia Notícias Foto: Cidade Acontece