gov ba

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) recebeu na segunda-feira (28) as lideranças estaduais do MDB, do PSB e do PT para discutir as estratégias do grupo governista para as eleições municipais de 2024. Dentre os líderes recebidos, estiveram os ex-deputados federais Geddel Vieira Lima (MDB) e Lúcio Vieira Lima (MDB), além da deputada federal Lídice da Mata (PSB) e do presidente estadual petista Éden Valadares. Nos encontros, Jerônimo esteve sempre ao lado de seus principais articuladores políticos: Adolpho Loyola (PT), seu chefe de gabinete; e Luiz Caetano (PT), secretário estadual das Relações Institucionais.

De acordo com apuração do BNews, nas conversas preliminares, ficou estabelecido que a primeira reunião do conselho político para definir as candidaturas governistas nos principais municípios baianos deve ocorrer no próximo sábado, dia 2 de setembro. A data ainda não foi confirmada porque Jerônimo ainda deve receber lideranças de outras legendas de sua base aliada, como o PSD e o Avante, antes de bater o martelo.

Jerônimo pretende ouvir todos os partidos que compõem seu arco de alianças antes de definir a candidatura apoiada por ele nas eleições de Salvador. Até o momento, o PT indicou o deputado estadual Robinson Almeida; o PCdoB tem a deputada estadual Olívia Santana; o PSD lançou o nome do deputado federal Antonio Brito; o MDB tem o vice-governador Geraldo Júnior; e o PSB ainda se divide nos nomes da deputada federal Lídice da Mata, do vereador Sílvio Humberto e do presidente da Conder, José Trindade.

Antes favorito, Geraldo Júnior perdeu força nos bastidores do grupo governista e tirou o pé do acelerador nas últimas semanas. O movimento de retirada refletiu no anúncio do atual presidente da Câmara Municipal de Salvador, Carlos Muniz (PSDB) — amigo pessoal do vice-governador —, de seu apoio à reeleição do prefeito Bruno Reis (União Brasil). Outro nome bem cotado há alguns meses, José Trindade segue trabalhando nos bastidores para emplacar sua pré-candidatura. O presidente da Conder conta com o apoio do ministro Rui Costa (PT), chefe da Casa Civil do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Entretanto, segundo fontes do BNews junto ao governo do estado, Jerônimo já tem seu preferido. Trata-se de Robinson Almeida, indicado pelo PT na última quinta-feira (24). O deputado estadual integra a tendência petista “Democracia Socialista”, a mesma que formou o atual governador da Bahia. A escolha do candidato governista à prefeitura de Salvador, porém, só deve ser sacramentada após o encontro do conselho político. A intenção de Jerônimo é construir um consenso em torno de uma única candidatura para 2024. BNews