Foto: Redes sociais

Uma jovem de 19 anos, de origem quilombola, foi encontrada morta na terça-feira (12), no povoado Coqueiro, em Mirangaba, cidade do norte da Bahia. Segundo a Polícia Militar, o suspeito do crime era companheiro e parente da vítima. A mulher foi identificada como Gleciene Jesus dos Santos. Ela era engajada em movimentos sociais voltados à causa negra. O corpo de Gleciene foi avistado por populares em uma área de matagal e com sinais de estrangulamento nesta manhã. Conforme relatos de peritos à PM, há indícios de que o crime teria ocorrido na noite de segunda (11) por conta da rigidez em que o corpo se encontrava. Os agentes de segurança já o encaminharam ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Jacobina, na mesma região. Populares também teriam informado à corporação que a jovem havia saído com o rapaz com quem mantinha relacionamento na noite anterior, mas nenhum dos dois teria retornado à residência onde moravam. O homem é procurado pela polícia. G1