Foto: Camila Souza/GOV BA

Para celebrar o Junho Vermelho, a Hemoba promove a campanha Para Sempre Doador: de Geração em Geração, juntamente com Hemocentros Unidos. A ação busca incentivar as pessoas doarem sangue de forma voluntária e altruísta através do convite a doadores de várias gerações (pais, filhos, avós), como gesto contínuo de solidariedade, cidadania e responsabilidade social. Na Hemoba, estão programadas atrações musicais, palestras, publicações nas redes sociais, horário especial de funcionamento e novos roteiros da unidade de coleta móvel (hemóvel).

Em 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue, haverá a apresentação musical da banda Flor de Milho, a partir das 11h, no Hemocentro Coordenador, em Salvador. Em homenagem ao doador, também serão distribuídos mimos e terá uma cabine de vídeo 360o para diversão. A data foi criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para conscientizar sobre a necessidade dos hemocomponentes em diversos tratamentos e incentivar a doação regular de sangue.

Geralmente, em junho, pode haver um menor volume de doações ocasionado por vários fatores, como maior incidência de infecções respiratórias em decorrência de ondas mais intensas de frio e chuvas; aumento de viagens por causa das férias escolares e, no Nordeste, celebrações das festas juninas. Além disso, cresce a demanda por transfusão de sangue motivada por um maior número de acidentes nas estradas e elevado índice de casos de queimaduras, ocasionados pelos fogos de artifícios dos festejos juninos.

Campanha

A campanha Para Sempre Doador: de Geração em Geração foi desenvolvida pelo Instituto Pró-Hemo e compartilhada nacionalmente por meio do projeto Hemocentros Unidos, que reúne hemocentros de todo o Brasil para promoção de estratégias e ações nas áreas de hemoterapia e hematologia aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). No Brasil, apenas 19% da população doa sangue regularmente, e a principal faixa etária envolvida com a doação é de pessoas entre 25 e 34 anos. Jovens com menos de 24 anos e pessoas acima dos 35 anos têm uma menor participação na doação de sangue no país. A campanha ressalta a importância dos doadores do presente (filhos) e do passado (pais, mães, tios, tias, avós e avôs) serem exemplo e motivação para gerações futuras. Para informações sobre os horários de atendimento das 21 unidades de coleta no interior, consultar o site da Hemoba: http://hemoba.ba.gov.br/ .