O deputado estadual Alan Sanches (União Brasil), líder da bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), formalizou uma solicitação à Casa Civil do Governo do Estado para que sejam apresentadas informações detalhadas sobre os custos e o saldo da viagem do governador Jerônimo Rodrigues (PT) à China, entre os dias 29 de março e 15 de abril.

No ofício encaminhado ao secretário Afonso Florence, da Casa Civil, nesta última quarta-feira (19), o líder da oposição requereu dados sobre quem e quantos foram os integrantes da comitiva; quais os custos com as passagens de avião, hospedagem, locação de automóveis, diárias e demais custos indiretos; e quais foram os acordos firmados e em quais áreas.

Além disso, a Casa Civil deverá enviar “cópias dos protocolos de intenções firmados entre o Estado da Bahia e empresas ou entidades governamentais, cópias de compromissos assumidos ou contratos firmados e cópias de quaisquer e todos os documentos firmados pelo Estado com outros entes privados ou públicos nesta viagem”.

“A gente precisa saber o que saiu de concreto dessa viagem. Até agora a gente só viu propaganda, muito discurso, muita conversa, mas nenhum encaminhamento objetivo. Como ficou a situação da ponte Salvador-Itaparica, do VLT, da montadora BYD? A novela segue a mesma. Nosso papel é fiscalizar e dar uma visão real à sociedade”, afirmou Alan Sanches. A solicitação feita à Casa Civil está amparada na Lei de Acesso à Informação (Lei Federal n. 12.527/2011 art. 10) e deve ser atendida no prazo máximo de 20 dias.