© Rafa Neddermeyer/ Agência Brasil/Arquivo

Uma nova lei, aprovada pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), promete facilitar o reconhecimento de veículos roubados no estado. A partir de agora, o governo estadual será obrigado a divulgar, semestralmente, informações sobre automóveis  apreendidos por suspeita de roubo ou fraude.

Os dados sobre modelo, cor, ano de fabricação, número do chassi e de placa, além de local em que o veículo foi apreendido deverão ser divulgados no Diário Oficial e no site da Polícia Civil a cada seis meses. A primeira divulgação após a promulgação da Lei nº 14.679 deverá conter informações sobre os veículos apreendidos nos últimos 12 meses na Bahia.

Uma cópia da relação de veículos também precisará ficar disponível em todas as unidades do Departamento de Trânsito (Detran) no estado. As informações foram divulgadas pela assessoria de imprensa da Alba. As ações têm como objetivo facilitar a localização dos veículos roubados, através da comunicação entre o poder público e a sociedade.

Uma pesquisa feita pelo Ministério da Justiça apontou que a Bahia é o quinto estado brasileiro com a maior média de roubos de carros no país, entre janeiro e março deste ano. No total, 4.135 veículos foram roubados neste período, uma média de 2 casos por hora.

Segundo dados do Plano Nacional de Segurança Pública e Defesa Social do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a Bahia fica atrás de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Pernambuco, com 29 mil, 10 mil, 6 mil e 4.667 registros, respectivamente. Correio da Bahia