Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se sentiu inspirado ao assistir o filme Central do Brasil. Em entrevista ao Uol, Lula declarou que queria ser a personagem de Fernanda Montenegro no longa para o ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

“Eu vi a Fernanda Montenegro tentando ajudar aquele menino. E aquele menino era nervoso, rebelde. Não queria ajuda da Fernanda Montenegro, e eu lembrei do Ciro. A Fernanda Montenegro, que escrevia a carta com muito cuidado e com muito carinho, conseguiu convencer o menino, levou o menino até a família e depois foi embora. Eu gostaria que o Ciro permitisse que eu fosse a Fernanda Montenegro dele”, declarou Lula.

O petista falou que gostaria de contribuir com a convivência de Ciro com outras forças políticas: “Ele não pode continuar atacando todo mundo. Ele, por exemplo, disse ontem que estou aqui numa suíte. Ele poderia vir para meu lugar um pouco.Quando Deus fez o ser humano, ele fez a cabeça feita para a gente pensar, para ter juízo no que a gente fala. Então não pode achar que pode ofender todo mundo. Se quiser ter futuro político neste país, terá que tratar pessoas de outro jeito. Ser mais cordato. Ser mais amável, ser mais carinhoso. Ele é uma pessoa do coração bom. Eu já vi o Ciro chorar algumas vezes”.