Ricardo Stuckert

Após passar diversas viradas de Ano na Base Naval de Aratu, a cerca de 30 km de Salvador, em uma área de acesso restrito que pertence à Marinha do Brasil, esse ano o presidente Lula muda o destino. Dessa vez, após celebrar o Natal em Brasília, planeja receber o Ano Novo na base naval da Restinga de Marambaia, localizada no Rio de Janeiro.

Acompanhado pela primeira-dama, Janja da Silva, Lula tem viagem agendada para esta terça-feira (26). A previsão é que retorne à capital federal em 3 de janeiro, conforme informações da Secom. A área litorânea no Rio também é controlada pelas Forças Armadas. A informação é do jornal “O Globo”.

Lula compartilhou o Natal com familiares no Palácio da Alvorada. Durante sua mensagem à nação, destacou os desafios enfrentados após os atos antidemocráticos de 8 de janeiro, apelando pela superação das divergências políticas. O discurso de cinco minutos do presidente foi veiculado em rede nacional de televisão e rádio no domingo à noite.

“O ódio de alguns contra a democracia deixou cicatrizes profundas e dividiu o país. Desuniu famílias. Colocou em risco a democracia. Quebraram vidraças, invadiram e depredaram prédios públicos, destruíram obras de arte e objetos históricos. Felizmente, a tentativa de golpe causou efeito contrário. Uniu todas as instituições, mobilizou partidos políticos acima das ideologias, provocou a pronta reação da sociedade”, afirmou. Bahia.Ba