remessaonline

O governo brasileiro planeja aumentar a faixa de garantia do Imposto de Renda para aqueles que ganham até R$ 2.640 por mês a partir de maio, segundo o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho. Segundo o ministro, a medida beneficiará especialmente aqueles com menor poder aquisitivo, que não terão nenhum valor retido na fonte. A correção da tabela terá um impacto de R$ 3,2 bilhões nas contas federais este ano e resultará em uma renúncia de receitas de cerca de R$ 6 bilhões no próximo ano. Na quinta-feira (27), o ministro já havia anunciado que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinará uma medida provisória elevando o valor do salário mínimo para R$ 1. 320 a partir de 1º de maio. Em fevereiro, quando o presidente declarou que faria as mudanças em maio, a Receita explicou que a faixa de isenção do Imposto de Renda seria ajustada de R$ 1.903,98 para R$ 2.112.