Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Magno Malta (PL) utilizou as suas redes sociais para disparar contra o do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), por ter convidado a cantora Anitta para conversar de pautas ambientais.

Em um vídeo portado em seu perfil no Instagram, Malta perguntou a Pacheco se havia enlouquecido e apontou para a participação da artista no show de Madonna, realizado no dia 4 de maio, no Rio de Janeiro.

“Rodrigo Pacheco, a não ser que me diga que não é verdade, convidou a Anitta para ir ao Senado discutir meio ambiente. Pacheco, você tá doido? Você é presidente de um Poder, você não pode fazer isso sozinho. Quando você faz isso, você está convidando em nome do povo. Eu faço parte do poder. Eu não te autorizei. Tire meu nome disso”, reclamou Malta.

“Anitta discutir meio ambiente no Senado? Meio ambiente como ela discutiu lá no show da Madonna, nos shows dela? Qual é a preocupação? Pelo amor de Deus, retire o meu nome. Faça um ofício que leve o seu nome. Não no nome do coletivo, dos 81 [senadores]. E se os 80 concordarem, eu não concordo. E eu vou mandar um ofício a você dizendo que eu não concordo”, acrescentou.

Pacheco convidou Anitta para visitar o Senado depois que a cantora postou em suas redes sociais para criticar o Congresso Nacional por ter deixado “passar uma boiada” de projetos prejudiciais ao meio ambiente.

“O Congresso brasileiro passou anos atacando o meio ambiente do nosso país. A consequência está aí. É hora de dar um basta. Meu pedido hoje, além de continuar ajudando as vítimas, é para gente se juntar para defender a natureza do nosso país. Precisamos dar um basta em tanta destruição ou vamos enfrentar coisa muito pior lá na frente”, postou Anitta.

Em seguida, Pacheco disse que o Senado a disposição explicar à cantora como tramitam as propostas na Casa Legislativa. Na última quinta-feira (16), Anitta postou um vídeo em suas redes sociais para confirmar a visita. BNews