SSP

Mais de 700 kg de pólvora foram apreendidos em uma fábrica clandestina de espadas, tipo de fogos de artifício, no domingo (26), em Cruz das Almas, no recôncavo baiano. O material foi encontrado após uma denúncia anônima durante uma operação de equipes da Polícia Militar. Além da pólvora, foram apreendidos 300 bambus preparados para a fabricação de explosivos, além de duas máquinas artesanais. Todo o material apreendido, à exceção da pólvora, foi encaminhado para a delegacia de Cruz das Almas e deve passar por perícia. A pólvora foi queimada em uma área isolada, por falta de um local seguro para armazenamento e transporte da substância. As guerras de espada foram proibidas em Cruz das Almas , em 2011, com base no Estatuto do Desarmamento, instituído em 2003. Além disso, a legislação estadual prevê que fabricar, possuir e soltar espadas é crime, cuja pena pode chegar até seis anos de prisão.